Introdução ao Empreendedorismo

Descobrir, desenvolver e implementar oportunidades de negócio são as principais atividades de uma pessoa empreendedora.

As constantes mudanças do mundo e consequentes alterações nas oportunidades, fazem com que o empreendedor tenha que se adaptar rapidamente.

Quando estamos em um cenário de negócios , alguns aspectos devem ser considerados.
São eles: Motivação, Criatividade, Inovação, Conhecimento, Empreendedorismo e Recursos.

Esses seis aspectos são essenciais quando estamos analisando o sucesso da geração de um novo negócio.

 Motivação :
A motivação deve ser entendida como ponto de partida para execução de todas as atividades que uma pessoa deseja realizar.

Segundo o dicionário Michaelis1 da língua portuguesa, a palavra “motivação” pode ser definida da seguinte forma:
motivação sf. (motivar + ção)
1 Ato de motivar. 2 Exposição de motivos. 3 Psicol. Espécie de energia
psicológica ou tensão que põe em movimento o organismo humano,
determinando um dado comportamento. 4 Sociol. Processo de iniciação
de uma ação consciente e voluntária.

No caso da criação de novos negócios a motivação entra como um aspecto determinante na fase de implementação de idéias. De nada adianta ter idéias brilhantes que se tornam oportunidades reais de negócio se não existe, por parte da pessoa que irá implementá-lo, um mínimo de motivação.

Podemos dizer, assim, que motivação é uma característica inerente ao perfil empreendedor de uma pessoa.

Criatividade :

A definição de criatividade pode ser encontrada da seguinte forma:
criatividade sf (criativo + i + dade)
1 Qualidade ou estado de ser criativo.
2 Capacidade de criar.

O ponto de partida para criação de um novo negócio está relacionado ao processo de geração de idéias. Se ao mesmo tempo essas idéias forem inovadoras, as chances de nascimento de um negócio de sucesso, aumentam consideravelmente.
A criatividade pode ser manifestar, também, por meio da imitação. Por exemplo, um empreendedor pode descobrir novas utilizações para produtos já existentes, pode desenvolver métodos mais rentáveis para produzir um produto, ou mesmo encontrar novos mercados para um certo serviço.

Inovação :

Consultando o dicionário, podemos encontrar a seguinte definição de inovação:
inovação sf (lat innovatione)
1 Ato ou efeito de inovar.
2 Coisa introduzida de novo.
3 Renovação.

O sucesso do negócio pode depender do quão inovador ele é. Muitas vezes um produto inovador inserido no mercado, pode mudar os rumos daquele setor.
Um marco da inovação, deu-se com a evolução da tecnologia, principalmente da internet, onde muitas oportunidades de negócio surgiram.

Empreendedorismo :


Segundo o dicionário Michaelis, o ato de empreender pode ser definido da seguinte forma:
empreender vtd (em2 + lat prehendere)
1. Resolver-se a praticar (algo laborioso e difícil); tentar, delinear: Empreender o domínio de si mesmo. vtd 2 Pôr em execução: Conseguira empreender um regulamento aos subalternos. vtd 3 Realizar, fazer: Empreender uma viagem. vint 4 pop Ter apreensões contínuas.

Ser um empreendedor, requer devoção, comprometimento de tempo, esforço para fazer um negócio decolar, requer que riscos calculados sejam assumidos e decisões críticas sejam tomadas. É preciso ousadia e ânimo, apesar de falhas e erros.



Fonte : Material da Universidade Anhembi Morumbi, professor José Carlos Dornelas - www.planodenegocios.com.br

Esta publicação, é um resumo e foi feita com base no material do curso de Gestão de Projetos da Universidade Anhembi Morumbi.

Comentários

  1. obrigado pelas dicas o meu curso é ciencias economicas juridica mas gosto de empreendedorismo e pretendo seguir esse ramo

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Yuri pelo comentário, a seguir irei postar mais sobre empreendedorismo, acho que tem tudo a ver com o momento atual.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Economia - Princípio da Utilidade Marginal Decrescente

Redirecionando requisições http para https no tomcat